Nossa lindona ConfortávelChic já deixou alguns post detalhadinhos da Croácia por aqui, então vou escrever esse post aqui com mais o geral de como foi o meu roteiro e algumas dicas que acho legal mencionar pra complementar os posts dela, que eu tinha dúvida e não sabia como que era…

O roteiro foi:
PAG
SPLIT
HVAR
MAKARSKA
DUBROVNIK

PAG

Pegamos um vôo até o aeroporto de Rijeka e de lá já havíamos contratado um transfer pra levar a gente até Pag. Pra quem quiser o contato, é esse aqui:
notos.transfers@gmail.com
tatijana.borovic@gmail.com

Fomos para Pag para ir no Festival Hideout que contei já nesse post aqui. No post vão ver as fotos do festival, mas a região de Novalja, onde ficamos hospedados, é essa da foto aqui, bem tranquila:

SPLIT

De Pag até Split fomos com o mesmo transfer de quando chegamos, e é uma bela viagenzinha, demorou umas 4 horas pra chegar de carro… A cidade é uma gracinha, e o centro histórico da cidade lembra muito as ruazinhas de Veneza, as paredes, as ruas todas estreitinhas… Então quando li depois que a cidade já foi de dominação Veneziana não foi surpresa nenhuma… 🙂

Lá também tem a estátua do bispo Gregory of Nin, que dizem que esfregar o dedão do bispo traz boa sorte!

Chegamos no fim do dia, passamos uma noite e no fim da tarde do dia seguinte fomos para a próxima cidade, achei que foi o suficiente.

HVAR

De Split para Hvar pegamos o ferry ali do porto. Essa é a “ilha balada” da Croácia, e continua pegando os mesmos lugares que já deixamos dica aqui no blog, mas vou colocar umas fotos do Hula Hula Bar pra vcs conhecerem melhor; a primeira de fora, e a segunda de dentro! Hehe

Fomos tbém em alguns restaurantes muito bons lá, comemos frutos do mar até dizer chega! Hehe. Mas depois faço um post em especial só com a dica deles.

MAKARSKA

Para Makarska tivemos que pegar o ferry de volta pra Split e de lá pegamos um ônibus. Fomos para ficar apenas uma noite pq um amigo dos meninos falou que falou que a gente tinha que ir numa tal balada que era numa caverna, que era animal e não sei o que…

Bem, eu não sei com quantos anos ele foi pra lá, mas garanto que deve fazer um bommm tempo já, pq a balada só tinha pirralho!!! Hahaha. O nome dela é Deep Club, mas tipo assim, vcs vão ver nas fotos, a balada É legal, diferente e tal, pô, é numa caverna! Hehe. Mas se eu tivesse vinte e poucos anos, eu teria achado um máximo, ou recomendaria a vcs que incluissem também no roteiro, masss, como a média da idade do pessoal que a gente estava viajando era de 29/30 anos, eu não aconselho…!

DUBROVNIK

De Makarska até Dubrovnik fomos de ônibus também. Passamos uma noite só lá, já era fim de viagem, mas ficaria mais tempo, tipo umas 2 ou 3 noites… A cidade é linda, mas o clima é muito mais turistão, por exemplo, o preço normal dos restaurantes eram todos mais caros e a comida pior dentre os que passamos por toda a viagem… Lá a gente tinha o contato de um taxi que levou a gente da rodoviária até o apartamento, e do apartamento até o aeroporto, o Nikola: +385 (0)98 176 95 64.

O que achei interessante, e que tem que fuçar bem, pq não tem placa nenhuma avisando, é que andando pelo centro histórico da cidade, vc entrando numa portinha minúscula, atravessa um caminhozinho e acaba num bar na beira de fora da muralha, de frente pro mar! Tem dois destes em pontos diferentes… Tirei foto lá de dentro de um, e uma do outro, de cima da muralha pra verem como que é!



DICAS GERAIS

1.) De comer, lá tem um tal de Burak, que parece um folhado gigante, e tem nos sabores carne e queijo (tipo ricota), que eu os meninos amávam comer aquilo! Comiam direto de lanche da tarde (ou até mesmo de café da manhã), todos os dias, entre uma refeição e outra.

2.) Uma coisa interessante é que lá na Croácia, ao invés de hotel, pousada, essas coisas, o que tem bastante por lá são apartamentos para alugar, e as vezes se estiverem viajando em casais, como era o nosso caso (ao invés de um bando de macho solteiro prontos pra fanfarra, hehe), vale avisar o pessoal com que fecharem, pq geralmente eles dão um apartamento mais bonitinho e em melhores condições pra vcs se hospedarem!

3.) E uma dica muuuito importante (que gostaria muito de ter sabido disso antes) é levar uma toalha de praia ao invés de canga!!! Lá todas as praia são de pedras, ou pedrinhas, que deitada numa canga é terrível, e numa toalha de praia pelo menos é menos mal… Várias praias tem cadeira pra alugar, mas não todas, e ninguém vai querer acabar igual essas duas aí da foto numa canga fininha né!!??? Hahahahaha.

Anúncios