Saí do safari e fui direto para Cape Town.

Escolhemos o hotel One&Only , porque conseguimos aquele pacote “experto” no Luxury Link  e também porque fizemos umas pesquisas dos demais hotéis da cidade e foi o que mais nos agradou.

Existem ótimas opções como por exemplo o Cape Grace , como lembrou o querido leitor Daniel Portugal, mas acabamos preferindo o One&Only por ser mais novo e aparentemente mais “jovem”… Além disso, o Nobu, considerado um dos melhores restaurantes japonês do mundo, fica dentro do hotel, e nos disseram que era imperdível!

Também tem o Reuben’s, que é de um chef local bem badalado, mas acabamos nem indo comer lá….o café da manhã era servido lá e era bem bom!

Mas o que importa mesmo não é nem o hotel, porque você pode ficar em outro hotel e ir jantar nos restaurantes do One&Only . O que acho bom é ficar perto do Waterfront, que é um lugar onde tem vários restaurantes, barzinhos, enfim, é o “agito” de Cape Town. Se você fica longe acaba gastando mais com transporte, e a conta acaba ficando parecida…

No primeiro dia passeamos pelo Waterfront e jantamos no Nobu. Estava maravilhoso!!! Super recomendo!

No segundo dia alugamos um carro e fomos para o Cabo da Boa Esperança. O ideal é ir de manhã pela costa Leste, pela estrada M5, e em seguida a M4 (no Google dá para ver direitinho). Tem um vilarejo muito bonitinho no caminho, chama Fish Hoek. Outra coisa que é legal dar uma passada é a praia de Boulders, uma colônia de pinguins!

Segue viagem pela M4 até Cape Point, que é do lado do Cabo da Boa Esperança (sempre falo desse porque é mais conhecido…)

Fiquei por lá bastante tempo, e como na ida fomos parando várias vezes, demorou bastante….importante ir de tenis ou sapatilha!

No final do dia voltamos pela estrada M65, e é a estrada mais linda que já passei na minha vida!

O por do sol é maravilhoso, ela é toda de pedra, com vários penhascos, juro, é um passeio imperdível!

Na M65 vão seguindo no sentido de Kommetjie, e não peguem uma placa que indica Ocean View! Eu estava de GPS, achei que ele tinha errado (as vezes acontece) e li uma placa indicando Ocean View…na minha humilde opinião, Ocean View significava que eu continuaria beirando o mar, com vista para o Oceano Atlântico…mas se vocês entrarem no Google vão ver que Ocean View é um bairro, e eu fiquei com um certo medo quando entrei lá, porque todo mundo ficava me olhando…ahahhaahahah

Em Kommetjie vocês pegam a Kommetjie Road, e depois a M6.

Pela M6 vocês passam por Hout Bay, que é super bonito, e eu parei em Camps Bay, que é o bairro dos chics e famosos de Cape Town…

Tem uma avenida princilpal que é fácil de achar, e tem vários barzinhos, bem legal para tomar um drink vendo o por do sol…é só escolher um barzinho movimentado e sentar…

Depois é só continuar na M6 que ela chega direto no Waterfront.

Em abril tem um ventinho gelado, principalmente no final do dia…

Eu usei bastante minha jaqueta de couro!!!

Se o orçamento permitir, recomendo alugar um carro conversível para fazer esse passeio! Um amigo nosso que morou alguns anos em Cape Town deu essa dica e ela foi valiosa!

Parece bobagem, mas a viagem foi muito mais legal, fora que seu namorado/marido/etc vai amar esse detalhe!!!

Outra coisa que não é um detalhe, é uma questão importante, é alugar um carro automático!!! Como lá é mão inglesa, tudo que você não quer é ter que achar os caminhos, as estradas, e ainda se preocupar em trocar a marcha com a mão esquerda!

Nesta noite jantamos no 95 Keerom , um restaurante muito legal! Comemos a melhor bisteca fiorentina ever!!!

Outro passeio legal para fazer é ir na Table Mountain… O “bondinho” que nos leva até o topo da um pau no do Rio de Janeiro, ele vai virando 360 graus enquanto sobe!

Lá em cima é lindo, recomendo ir em um dia que não esteja nublado para você ter bastante visibilidade…nesta viagem levei um binóculo que achei que seria útil no safari, mas foi neste dia que ele foi muito usado! Deu para ver toda a estradinha que voltamos de Cape Point, é muito legal!!!

Ficamos umas 3 horas lá em cima!!!

Também tem que ir de tênis ou sapatilha para andar bastante…

Depois fomos na roda gigante que tinha no Waterfront (parece que não é sempre que ela está lá)…jantamos no CARNE , dos mesmos donos do 95 Keerom. Fica em frente ao 95, tem o menu parecido mas o ambiente é bem diferente!

O último post da minha lua de mel será das vinícolas….

Aguardemmmmmmm!

ahahhahahaha

Anúncios