Acabei de assistir Tropa de Elite 2 e concordo com minha amiga ConfortávelChic, é realmente imperdível!!

Nosso blog não tem nenhum viés político, eu, apesar de ter feito Administração Pública na GV, me considero leiga e prefiro manter distância da política, mas saí um tanto quanto revoltada do cinema.

Com tantas cenas de violência, com tantas verdades asquerosas de corrupção mostradas no filme, o que mais me assusta é que tudo isso não é surpresa pra ninguém. Dúvido que alguém tenha saído chocado com a versão dos acontecimentos que o filme mostra.

Todo mundo sabe da sujeira que existe no nosso país. Do quão profundas são as raízes e a rede de corrupção que nos cerca, mas nós não fazemos nada a respeito.

Tropa de Elite 2 está batendo recordes de bilheterias. Na sua 1ª semana de exibição mais de 3 milhões de espectadores assistiram ao filme que já arrecadou mais de R$ 28 milhões. Todo mundo elogia o filme. Soube até de sessões em que os espectadores bateram palmas quando o filme acabou.

Será que não há mais nada que a gente possa fazer? Apenas bater palmas pro Capitão Nascimento, o mais novo herói brasileiro?

Vamos pegar a França como exemplo. Desde terça-feira milhares de cidadãos fizeram greves e protestos em diversas cidades contra a reforma da previdência, que aumentou de 60, para 62 anos a idade de aposentadoria no país. A França parou. Estão todos lutando contra a reforma.

E nós, o que fazemos? Nada. Um país que está a todo vapor, que se gaba de suas riquezas, do seu potencial, mas que tem tantas desigualdades, tantas falhas nos sistemas públicos, que não consegue oferecer pra seus cidadãos educação, saúde, dignidade, assiste de braços cruzados boa parte do dinheiro suado que pagamos com tantos impostos, indo para os bolsos de gente corrupta que enriquece não só às nossas custas, mas às custas da qualidade ou falta de qualidade de vida de seus cidadãos.

Eu sinceramente ainda não sei como posso ajudar. Escrever agora foi minha 1ª manifestação, a 1ª idéia que me veio à cabeça. Ainda não sei o que dá pra ser feito, mas sei que não dá pra não fazer nada.

Anúncios